sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Entretanto, no Norte da Suécia


...já começou a nevar

P.S. Em breve respondo a todos os comentários. Beijo, leitoras do coração!

terça-feira, 25 de setembro de 2012

De visita a casa dos outros...


Hoje, no entanto, lembrei-me de um texto que já encontrei há algum tempo no blogue “Andando por aí”. Eu não vou publicar o texto inteiro, pois é bastante comprido, mas vou-vos deixar o link para ele. O tema parece banal, o conteúdo parece óbvio, mas quantas vezes nos esquecemos de agir conforme os princípios com os quais fomos educados? Especialmente quando vivemos num país que não é o nosso e muitas coisas parecem piores do que “lá em casa”. Já vi muitos imigrantes aqui na Suécia a comportarem-se de forma bizarra e mal-educada... Desde recusarem-se a aprender a língua, gozarem (versão brasileira: zoarem) abertamente com os professores da escola grátis que têm o privilégio de frequentar, violarem a lei Sueca (um dia escrevo sobre um caso flagrante), criticarem o país de forma grosseira à frente dos nativos... a lista não acaba. 

Não sei o que é que vocês acham mas, na minha humilde opinião, este texto devia fazer parte do SFI. Fica a sugestão! 

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Rosinhas da mamã!


No post passado avisei que este país engorda, mas toda a gente sabe que os amigos não servem apenas para avisar dos perigos desta vida mas também para ensinar asneiras... E por isso cá estamos, eu e os meus rosinhas, sempre à disposição para engordar ajudar.


Olá, nós somos os rosinhas!
Gostei tanto deles que resolvi exibi-los partilhar a receita. Os muffins são os meus preferidos, são tão simples que é quase impossível falhar e além disso dá para congelá-los e comer quando a vontade ataca. Para os rosinhas, usei esta receita (está em Sueco mas posso traduzir para quem quiser) como base mas, como sempre, fiz algumas alterações - eu sou clinicamente incapaz de seguir uma receita a risco, haverá diagnóstico para isto? 

Então é assim: usei apenas 1dl de açúcar em vez dos 2dl da receita (e bastou!), adicionei corante vermelho que tinha cá em casa (e que lhes deu uma cor rosada), recheei cada um deles com duas ou três framboesas congeladas (nota: eles ficaram grandes e por isso arrependi-me de não ter posto mais framboesas). Para mais variedade, cobri alguns com chocolate e outros não. Em vez que chocolate branco, usei uma mistura de chocolate negro de cozinha e de chocolate mais "fino" da Lindt, com mirtilos. Para terminar, deitei umas formiguinhas de chocolate, que deram um toque crocante.  Anyway, o resultado final não tem nada a ver com a receita, mas eu resolvi pôr o link para ela porque é uma boa base, a massa ficou bem fofinha e deu para os 12 muffins prometidos, eu é que só tirei foto aos mais bonitos. Rá!

Alguém é servido? É só passar cá por casa porque tenho alguns no congelador :)

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Guia para recém chegados #2 - Este país engorda


É verdade, recém-chegados. No meu caso, foram 7 kilos logo nos dois/três meses a seguir à minha chegada. E 7 kilos é muito, se considerarmos que sou anã baixa. Eu nunca tinha engordado tanto em tão pouco tempo. 

De onde é que veio  tanta gordura extra? Eu tento explicar...
Cheguei à Suécia no final de Outubro, quando o Inverno já estava bem próximo. A escuridão e o frio são uma combinação muito curiosa porque aumentam o apetite de uma forma estúpida mas reduzem a vontade de sair para a rua e de ir dar umas voltas para queimar as calorias. Já para não falar do desiquilíbrio emocional que abate quem acaba de mudar para um país estranho. Isto é algo que afecta cada pessoa de forma diferente, mas a mim afectou-me a valer. Não fui a primeira nem a última emigrante a sofrer este problema - já houvi mil histórias de mil pessoas, sobretudo mulheres, que partilharam ou partilham a mesma experiência que eu - mas ainda assim foi algo que me apanhou de surpresa. Posso só mencionar que na altura não encontrei nenhum blogue a avisar-me disto? Rá, a falta que o meu blog faz ao mundo.

Façam um plano. Fiquem longe dos kanelbullar. Do chocolate quente. Das almôndegas. Do kladdkaka. E mexam-se, o mais possível. Sabem o que é que é mais deprimente do que ser emigrante? É ser emigrante com 7 kilos extra em cima. E se, como a maioria dos emigrantes, não tiverem possibilidades para ir ao ginásio nos primeiros tempos, deixem-me tomar a liberdade de vos apresentar o vosso novo melhor amigo: o tal DVD de exercício! Podem até estar -20 graus lá forma e neve até ao tecto, mas este fiel amigo não nos abandonará (ao contrário dos kilos extra). Tenho vários DVD's, de forma que nunca me aborreço. Este é o meu grande favorito, que comprei por 99 coroas (cerca de 11 €) no Åhléns:




Quem avisa, amigo é. 
Assinado: O urso polar de serviço

terça-feira, 11 de setembro de 2012

O melhor da Suécia #2 - Vou ao supermercado enviar uma encomenda



Já há algum tempo que não atualizava esta "rubrica", mas recentemente precisei de enviar uma encomenda para a minha querida avó, que faz 79 aninhos em breve e, em vez de me dirigir aos Correios, dirigi-me ao supermercado, ou ICA para os amigos. Sim! Aqui pode enviar-se e receber-se correspondência nos supermercados. Nem em todos, mas nos suficientes. 

Por que é que isto é maravilhoso? Porque além de poder enviar a minha encomenda, pude comprar morangos, bolachas, cappuccino instantâneo e detergente de roupa, tudo no mesmíssimo sítio! Não podia ser mais conveniente e como sabem eu adoro coisas convenientes nesta vida, por isso promovi os supermercados multifunções ao #2 das melhores coisas da Suécia. Adoro, e não posso ser a única. Podem ver o #1 aqui

sábado, 1 de setembro de 2012

Começar o mês


Setembro nasceu escuro e chuvoso. Nesta altura, ainda não está frio e é bom passear na natureza, sentir o cheiro da chuva e das árvores. O nosso passeio de hoje foi assim:







Como tem chovido muito, apareceram imensas lesmas em todo o lado. É preciso ter cuidado para não as calcar!



Olá, eu sou uma lesma loira e desejo-vos  um bom fim-de-semana!