sexta-feira, 31 de maio de 2013

Tudo junto e misturado

1. A pedido da Bah, aqui vai uma foto do nosso modesto jardim depois da grande intervenção anual. Bonitinho, ein?

2. Há uns dias tivemos uma surpresa no pátio, mas fugiu antes que eu conseguisse tirar-lhe uma foto decente. 
Adoro lebres e há imensas por estas bandas!

3. Ontem tive um compromisso importante em Estocolmo e cometi o erro de levar uma camisa branca.
Adivinhem o que aconteceu meia hora antes do encontro... 

4. Actividade principal de hoje: fazer as malas. Estou de ida para Portugal, tra la la! 


5. O pessoal a curtir o sol e o calor! 

6. Na semana passada, houve cá em Nyköping um rally organizado de andarilhos. Sim, desses da foto! (fonte). 

7. O grill portátil mais fofinho do mundo custa apenas 130 dinheiros (mais ou menos 15€), no ÖoB. 

Mais...

De acordo com a previsão do tempo, é possível que em certos dias faça melhor tempo na Suécia do que em Portugal durante as minhas férias.

O último sorteio ainda mal acabou e eu já tive uma ideia para o segundo. Alguém me segure!

Cheguei à conclusão que não estou física nem mentalmente preparada para usar um bikini em público. 

O curso de matemática já acabou e eu passei, todas rejubilam!

Não sei se vou conseguir passar pelos vossos blogs nos próximos tempos mas vou tentar.

Encontrei finalmente um meme engraçado (para mim):


E é tudo por enquanto. Puss puss!


quarta-feira, 29 de maio de 2013

Quem é, quem é


A vencedora do sorteio vive na terra dos chocolates, gosta de tulipas e escreveu hoje uma carta a Santa Clara...


Parabéns Sandra, do blog Fondue e Chocolate

quarta-feira, 22 de maio de 2013

A ferramenta é minha: como ganhar (im)popularidade entre os vizinhos


Cá no prédio, somos todos convidados uma vez por ano para fazer uma limpeza geral ao jardim e aos espaços comuns. "Convidados" é uma palavra soft - na prática a coisa funciona como uma recruta. O prédio é pequeno, por isso é relativamente fácil saber quem é que não compareceu apesar de estar em casa e ninguém quer ser "o-tal-vizinho-que-não-compareceu-ao-dia-da-limpeza-geral". Então às 17.00 em ponto lá me apresentei no jardim, munida das minhas mais lazarentas sapatilhas e calças de ganga. Note-se que precisei de alguma coragem para comparecer. No ano passado calhou-me usar uma ferramenta demoníaca, mais velha que o D. Afonso Henriques, e fiquei cheia de "agulhas" de madeira nas mãos. 


Mas este ano não. Este ano havia uma ferramenta novinha em folha. Da qual eu me apropriei num milésimo de segundo, caindo possivelmente alguns pontos na consideração dos meus vizinhos pelo caminho. 


Não sabem o que é? Eu também não sabia. É uma ferramenta de remoção de ervas daninhas e com ela passei sessenta minutos da minha vida a esgravatar o jardim. Não fiquei com "agulhas" de madeira nas mãos mas sim com ligeiras assaduras, o que foi um progresso.



Sempre ouvi dizer que a jardinagem é uma actividade terapêutica e acho que hoje entendi a coisa. Durante uma hora, apanhei sol, fiz uma espécie de exercício e as únicas escolhas que tive que fazer foram as ervas daninhas a arrancar a seguir. E, tirando o momento em que tive que fazer eutanásia a um caracol que ataquei sem querer, gostei.

No final, ou não fosse isto a Suécia, tivemos direito a uma fika, ou seja, café com bolinhos, sanduíches e alguns dedos de conversa. Os suecos adoram as suas fikas e eu também. Eu queria tirar fotos à fika de hoje mas sou uma banana e tenho sempre vergonha de tirar fotos a pessoas com quem não tenho grande confiança. Aqui a Vânia fala mais sobre este hábito, não deixem de ler.

Para o ano há mais!

domingo, 19 de maio de 2013

On the road


Olá, estou de volta! Os dois últimos posts foram agendados pois andei a explorar o countryside sueco juntamente com o viking. Parte da família dele vive em Dalarna, uma região do país que fica a umas 2-3 horas a norte, e apesar de já lá termos ido várias vezes, a verdade é que nunca aproveitámos para passear a sério. Até agora. E digo-vos, foi das melhores ideias que tivemos nos últimos tempos. 


Às vezes chego à conclusão que me saiu na rifa o viking mais paciente de todos, como comentei aqui. Sempre que vejo animais na berma da estrada (ou em qualquer sítio no geral) começo a guinchar de alegria e peço-lhe para parar o carro. Se é seguro, paramos e eu tiro fotos como se não houvesse amanhã. Adoro ver os animais em liberdade, todos eles deveriam ter o direito de viver assim.


A região de Dalarna é conhecida pelas suas casinhas vermelhas de madeira. Estão em todo o lado, lindíssimas, e eu tenho provavelmente mil e seiscentas fotos do género. Hei-de viver neste país muitos mais anos e ainda ficar fascinada com casinhas de madeira. Acho que me fazem lembrar as histórias que eu lia quando era pequenina... 


Dalarna também é conhecida pelo seu emblemático cavalo, o Dalahäst, de que a Vânia do Diário de Uma Teimosa fala (e bem) aqui. Este cavalo é fabricado à mão na pequena aldeia de Nusnäs. Fomos lá espreitar a produção e não deixei de tirar a tal foto óbvia em cima do cavalinho.

Durante esta viagem tive a ideia de começar a reunir uns artigos tipicamente suecos para sorteio. 
O blog está quase nos 100 seguidores e como agradecimento queria sortear um "cabaz sueco". E já comecei a fazer a colecção: em Nusnäs comprei duas coisinhas! 



Para efeitos turísticos, aqui vai a nossa rota: Nyköping - Leksand - Tällberg - Nusnäs - Rättvik - Falun - Nyköping.  Ficámos alojados em Rättvik, no parque de campismo Enåbadet. Na foto à direita dá para ver a nossa cabina. Não sou muito experiente no que toca ao campismo, mas gostei deste parque no que toca aos serviços, higiene e conforto. 



sexta-feira, 17 de maio de 2013

Preparação para o caos


Já foi oficialmente comunicado que a partir de 1 de julho o Google Reader vai deixar de existir. Ainda não sei bem de que forma é que isto vai afectar a vida na blogosfera mas de qualquer forma aproveitei a "boleia" para fazer algo que já queria fazer algum tempo: aderi ao Bloglovin e estou a gostar! Entre outras coisas, deu para importar directamente do Google todos os blogs que já estava a seguir, assim ninguém ficou para trás. Então é favor clicar aqui para seguir o Boneca de Neve no Bloglovin, obrigada.


quarta-feira, 15 de maio de 2013

11 coisas


Ando delirante. A Maria do Uma Caipira na Suécia desafiou-me a fazer uma lista de 11 coisas que me fazem contar até 100. E sendo eu chata profissional esta lista assenta-me como uma luva. Ontem adormeci a pensar no que incluir na lista e apercebi-me que podia até nomear 100 coisas mas sei que vocês são pessoas ocupadas e que têm mais do que fazer. Então aqui vai... 11 coisas que me fazem contar até 100, não necessariamente por ordem de gravidade.

11. Pessoas que andam a passo de caracol em sítios congestionados.
10. Internet lenta. Quando eu mais preciso dela.
9. Pessoas que chegam sempre atrasadas a encontros.
8. Pessoas que põem música alta no telemóvel para toda a gente ouvir, em transportes públicos. 
7. Pais que não dão educação aos filhos
6. Escravos do status, versão A. Ah e tal, a minha tia, que por acaso é médica cirurgiã, também gosta de chiclets de morango.
5. Escravos do status, versão B. Ah e tal, que sapatos giros. Quanto é que custaram?
4. Escravos do status, versão C. Pode tratar-me por Sr. Dr. Silva.
3. Chuva, em 98,5% das ocasiões.
2. O meu cabelo em dias de chuva.
1. Pessoas fanáticas. Seja por futebol, religião, astrologia, história da Grécia Antiga ou comida saudável. Não há paciência.

Então, quem partilha alguma destas "comichões" comigo? Passo a bola aos meus colegas chatos profissionais. Saiam do armário, a vida cá fora é muito mais divertida.

P.S. Reparei que 8 das 11 coisas nesta lista são na verdade pessoas ou grupos de pessoas. Acham que preciso de fazer terapia?


domingo, 12 de maio de 2013

Este nem é um blog de beleza, mas...


Quem me segue há algum tempo sabe que ando a tentar substituir o maior número possível de produtos de higiene e beleza "convencionais" por produtos mais naturais e/ou não testados em animais. Para uma junkie de produtos como eu esta nem é tarefa difícil, especialmente porque há cada vez mais produtos deste tipo no mercado a preços razoáveis. Comprometi-me também a ir partilhando as minhas "descobertas" aqui no blog, quem sabe inspiro alguém a juntar-se a mim neste projecto?... De qualquer forma, eis as minhas aquisições mais recentes:
1. Condicionador L'Oréal EverPure para cabelos pintados. Sem sulfatos. 
Por muito que eu me tenha esforçado para gostar deste condicionador, a verdade é que detestei usá-lo. O meu cabelo é fino, seco e ganha imensos nós (combinação maravilhosa) e este condicionador não fez efeito nenhum: não o deixou mais suave nem hidratado e os meus nós de estimação ficaram no sítio. Ah, e o cheiro. Um cheiro muito intenso a menta e a alecrim que permanece no cabelo durante h-o-r-a-s. Foi tanta a antipatia por este condicionador que acabei por usá-lo apenas três vezes; depois encontrei-lhe uma nova dona que gosta de cheiro a menta e que tem o cabelo muito menos seco que o meu. 
Classificação: 1,5/5

2. Desmaquilhante Pure & Natural da Nivea. Sem parabenos, silicones, corantes ou óleos minerais.
Este desmaquilhante é adequado para todos os tipos de pele e cumpre o prometido: remove a maquilhagem facilmente e não agride a pele. Tem um cheirinho suave e agradável. É preciso usar apenas uma quantidade mínima e por isso uma embalagem dura imenso tempo. No entanto, continuo a usar óleo de côco para remover a maquilhagem dos olhos.
Classificação: 4/5

E vocês, também tentam usar produtos mais naturais? Já experimentaram os produtos lá acima? O que acharam?

quinta-feira, 9 de maio de 2013

O melhor da Suécia #4: A natureza


Quando se vive na Suécia quase nunca se está longe da natureza. Neste país gigante com apenas cerca de 9,2 milhões de habitantes a ocupá-lo (menos do que em Portugal, onde caminhamos para os 11 milhões) não faltam lagos, florestas, rios, parques, reservas naturais e afins onde dar uns passeios, respirar ar puro e conviver com bichinhos rastejantes/voadores de todos os tipos. Hoje aproveitei o feriado (Kristi himmelfärdsdag ou Ascenção de Jesus em português) para dar às pernas até à floresta vizinha, que fica a uns 15 minutos cá de casa. E como a minha capacidade de concentração anda abaixo de zero, deixo-vos umas imagens mais eloquentes do que eu.


P.S. Dá para ver que eu finalmente aprendi a fazer "colagens" (alguém sabe se este é o nome correcto?) de fotografias. Palminhas para mim! Suspeito que a "mania das colagens" vá durar algum tempo mas vou fazer os possíveis para voltar à normalidade assim que possível, ha.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Maio começou assim...

Sol, 10º C, um aniversário, um churrasco (o primeiro do ano para mim!) e muitas coisas doces para comer. E hoje obtive finalmente mais informação sobre a minha situação lá no trabalho, o que contribui para a minha boa disposição porque finalmente posso fazer planos para os próximos tempos. Basicamente, as negociações da empresa com o sindicato já foram concluídas. Começou por fim a contagem decrescente dos meus três meses de aviso prévio mas em breve posso deixar de trabalhar para me concentrar noutras coisas. Coisas essas que incluem uma merecida temporada em Portugal ♥ E é isto. Obrigada pelo carinho e pela preocupação que algumas de vocês têm manifestado. E o vosso mês de maio, como começou?