segunda-feira, 15 de junho de 2015

Isto não é uma competição, mas...


Estão a ver aquela satisfação de conhecer uma expatriada que está na Suécia desde 1995 e fala sueco pior do que eu?

P.S. Um pensamento nobre por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.


quinta-feira, 11 de junho de 2015

Eu, a enfermeira do centro de saúde e perguntas existenciais


Durante as análises ao sangue, eu e a enfermeira do centro de saúde discutimos as minhas próximas análises e eu digo que se calhar as faço "quando for a casa, a Portugal".

E ela: a questão é se Portugal ainda é a tua casa... 

Obrigada, enfermeira do centro de saúde, por tentares ajudar-me a resolver o puzzle existencial que é a minha vida.


sábado, 6 de junho de 2015

Recapitulando


Já não escrevia desde novembro. A verdade é que, como escrevi aqui, continuo a não me sentir à vontade para partilhar com o mundo inteiro os milhões de coisas que têm acontecido nos últimos meses, mas também não quero criar um blog novo e privado. Por isso o Boneca de Neve vai continuar aqui, e eu vou levando as coisas ao meu ritmo. Queria agradecer pelos comentários e mensagens privadas no Facebook.  Obrigada por se lembrarem de mim e do blog. Em breve vou visitar os vossos cantos e retribuir a vossa atenção.

Mas recapitulando. O que é que tem acontecido por aqui?...

Este post continua a ser o post mais lido de sempre do blog e resolvi-me a escrever um post a sério sobre o tema um dia destes, porque a consciência me dói. Ok, não vai ser propriamente sobre o mesmo tema, mas sobre a dating culture na Suécia.

De vez em quando ainda escrevo na página do Facebook do blog.

Acabei o primeiro semestre do segundo ano da minha licenciatura em Serviço Social e as coisas começam a fazer cada vez mais sentido. E arranjei trabalho em part-time + trabalho de verão com jovens refugiados, que chegam sozinhos à Suécia.

Viciei em Downton Abbey apesar de tudo apontar para o contrário. Durante nove épocas pus toda a minha vida de lado para ver episódio atrás de episódio, mas pelo menos paguei as minhas contas a tempo. Calculei que se virasse sem-abrigo deixava de ter internet, logo, deixava de ter Netflix, logo, deixava de ter Downton.

E falar em Netflix - sabiam que em breve chega a Portugal?

Depois d'o pior Maio dos últimos anos a nível metereológico, temos finalmente algum sol e calor (20 graus). Mas é claro que também faz muito vento.

No outro dia paguei o equivalente a 17 euros por duas cervejas e um mini-pacote de batatas fritas e as saudades de Portugal bateram ainda mais forte.

Hoje é o dia nacional da Suécia.

No dia 13 o príncipe Carlos Filipe casa-se com a sua Sofia, ex-participante do reality show Paradise Hotel, que finalmente foi aceite pelos suecos.

Há uns tempos fiz amizade com um mórmon de Utah, E.U.A., que meteu conversa comigo no comboio. Falámos durante duas horas, durante as quais aproveitei para me informar sobre aquelas coisas sobre o estilo de vida deles que sempre quis saber. Hei-de fazer um post sobre isso. Foi uma das melhores viagens de comboio da minha vida.

Vi o Mad Max e permaneci de queixo caído do início ao fim. Achei estranho e perturbador. E não me venham dizer que é um filme feminista, como li na net. Apesar das personagens femininas serem fortes, no final são os homens que resolvem tudo.

Fui à Noruega pela primeira vez e passei um belo fim-de-semana numa montanha à margem da cidade de Kongsberg. Voltei apaixonada. E com esta visita visitei oficialmente todos os vizinhos escandinavos. Dinamarca: check. Finlândia: check. Noruega: check.

Ando à procura de ideias para sobreviver ao verão num apartamento que chega aos 25 graus NO PICO DO INVERNO e que apanha sol toda a santa tarde. Não há flor que sobreviva neste apartamento e aceitei a minha derrota nesse departamento. Mas, ao contrário das minhas flores, eu tenho de sobreviver. Aceitam-se sugestões.

Ando a ouvir muito esta e esta e esta música. Não liguem aos vídeos.

E falar em música. Para variar um bocado, a Suécia ganhou a Eurovisão e mereceu. Vejam aqui. Os suecos deliram com a Eurovisão e costumam reunir-se à volta da televisão para ver. Deve ser por saberem que vão ganhar. E enchem o meu feed do Facebook.  No que diz respeito ao Facebook, Eurovisão está para a Suécia o que o Jorge Jesus está para Portugal.

E falar em Jorge Jesus - alguém me quer explicar o que se passa?