segunda-feira, 14 de março de 2016

E depois do Inverno


Os dias andam mais longos e na última semana tivemos sol duas vezes! Os meus olhos estranharam bastante nas vezes em que saí à rua, e acho que está na hora de começar à procura dos meus óculos de sol. Os suecos, que andam bastante atentos ao assunto, dizem que no dia 20 de março irá suceder o chamado vårdagjämning, ou seja, os dias vão finalmente atingir a mesma duração que as noites. E com a luz da Primavera chegam as depressões: supostamente 3 - 5% das pessoas sofrem de depressão sazonal na Primavera, enquanto 10 - 12% simplesmente "se sentem mal" devido ao contacto com a luz. À medida que o corpo se habitua à luz, o mal-estar vai diminuindo (daqui). Eu cá não me posso queixar, ando há meses à espera da minha estação preferida e mal posso esperar para me estender ao sol.

Nybrokajen, Estocolmo (e o parque de diversões Gröna Lund lá ao fundo!), no sábado pelas 18:00, ainda de dia.

9 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar sobre depressão sazonal na Primavera, que interessante...Comigo é mais ao contrário - a falta de sol bule-me com os nervos...:-)

    ResponderEliminar
  2. Essa gente sofre de depressão sazonal na primavera???? Por causa da luz?? Nunca tinha ouvido tal =P

    ResponderEliminar
  3. Já ouvi falar bastante dessas depressões sazonais nos países nórdicos uma vez que em tempos viajava muito para lá em trabalho. Aqui num país de sol julgo ser ao contrário, pelo menos comigo, quando começam as chuvas e os dias cinzentos, abate-se-me uma tristeza...

    ResponderEliminar
  4. Os suecos têm depressões na Pimavera?! São mesmo o contrário de nós xD

    ResponderEliminar
  5. Eu bem espero tambem a minha estacao favorita.

    O castelo 'e em Arbroath.

    ResponderEliminar
  6. Eu tenho depressão sazonal no inverno, com o tempo cinzento, frio e chuva. Faz-me sentir triste e deprimida...

    http://alexslittlesecrets.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Oi Joana!!
    Teu texto me lembrou minha viagem de Portugal para Vancouver (Canadá)! O voo durou um dia, mas eu saí de madrugada quando o sol começava a espreitar...ao chegar ao Canadá, os relógios vieram 8 horas para trás...então parecia que estavamos "andando para trás no dia" e a luz solar continuava... Era meia noite em Portugal (no meu fuso horario biológico) e estava um rico sol das 4 da tarde na janelinha do avião!! :-) Foi o dia mais "comprido de sol" da minha vida!

    Agora a minha sorte foi que viajei recentemente para o Brasil, e aqui é Verão. Então estou sem dúvida apanhando muito sol, mais do que o normal por ano!!

    Um beijinho grande e tudo de bom!

    ResponderEliminar