segunda-feira, 11 de abril de 2016

Joana, a embaixadora de Portugal


Ninguém me pediu e o Turismo de Portugal não me paga (embora esteja sempre disponível para negociar), mas desde que emigrei parece que acho que sou uma espécie de embaixadora de Portugal (embaixadora ou embaixatriz?). Quando cometo uma gaffe (ou duas, ou oitenta), fico sempre com um pequeno receio que achem que todos os Portugueses são assim. Ou que todos os imigrantes sejam assim. E é assim que, entre outras coisas, às vezes dou comigo a cumprir regras que nem os Suecos cumprem e das quais nem o Menino Jesus quer saber. E assim vou tentando manter a honra do nosso país intacta. Mas depois há aquele momento em que me dizem "Ah e tal este fim-de-semana vi o Night Train to Lisbon... já viste?". E eu não vi, e nem sequer tenho uma boa justificação. Porque quem arranja tempo para ver a nova série do James Franco (11.22.63) e todos os seus momentos de actuação de qualidade dúbia também consegue arranjar tempo para ver o Night Train to Lisbon. Mas pelo sim pelo não, aproveitei a ocasião para fazer um discurso sobre os encantos de Lisboa a Sintra, passando pelo Gerês.





14 comentários:

  1. Gostei do "Night Train to Lisbon", mas sou suspeita, pois gosto de paixão do Jeremy Irons (que voz! e excelente actor), desde os tempos da série "Reviver o Passado em Brideshead" e do filme "A Missão" (aconselho ambos, vivamente).
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Eu também nunca vi esse filme...
    Percebo bem o que queres dizer quando dizes que cumpres tudo para dar boa imagem dos portugueses, eu sou igual. Estou sempre com medo que pensem mal de nós. Ainda há pouco tempo estive doente como um cão e arrastava-me todos os dias para o trabalho, foi preciso alguém dizer-me que eu tinha que ir para casa de baixa, porque eu não tive coragem de pedir à médica

    ResponderEliminar
  3. e eu nem tinha ouvido falar do filme. mas fiquei super curiosa com o trailer!

    ResponderEliminar
  4. O nosso país tem, em ti, uma óptima embaixatriz! Bjs🌞

    ResponderEliminar
  5. Vi o filme num cinema suíço e tinha-me sido recomendo por uma suíça :D
    O filme está muito bem feito e mostra bem a minha cidade. A nossa geração de imigrante representa bem Portugal, não te preocupes com as gafes que todos nós as cometemos.

    Beijinhos,

    Débora | Heidiland

    ResponderEliminar
  6. Tenho a certeza de que és uma excelente embaixadora!!!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  7. Nunca vi nem conheço, mas também me considero uma boa embaixadora e de certeza que também és! Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Já ouvi falar várias vezes e acho que gostava de ler o livro antes de ver o filme, mas nenhuma dessas coisas está nos próximos planos... shame on me!
    Sabias que o Nicolau Breyner também entra no filme como o dono da pensão em que pernoita a personagem de Jeremy Irons? E tornaram-se grandes amigos! Acho sempre tanta piada a estas relações meios improváveis de amizade!
    E é claro que és uma ótima embaixadora de Portugal no reino sueco! Serias embaixatriz se fosses mulher do embaixador ;)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. O filme é interessante e vi-o por acaso sem saber do que se tratava. Mas não será por não o veres que não és uma óptima embaixadora. Está-te no sangue não na cultura cinematográfica ;) eheh

    ResponderEliminar
  10. Joana, já não passava por cá ao tempo e que erro o meu! Estive a actualizar-me nas tuas últimas aventuras e fico contente em saber que continuas a manter um registo bem humorado das diferenças entre Portugal e a Suécia. Beijinhos e boa sorte no estágio!

    ResponderEliminar
  11. Quando estive em Munique também me fizeram essa mesma pergunta e eu nunca vi o filme. Prometi a mim mesma que o iria ver, mas entretanto passou-se mais de um ano e continuo sem ter visto. Shame on me :(

    ResponderEliminar
  12. Já li o livro mas não fazia ideia que havia um filme! Vou ver antes que alguém me pergunte ;)

    ResponderEliminar