domingo, 26 de agosto de 2018

Eis que embarco na minha maior aventura


Este blog foi criado para relatar uma aventura: a minha (na altura) nova vida na Suécia - os choques culturais, os desafios, as novas descobertas, as conquistas. Nos raros momentos en que tenho tempo e leio posts antigos vejo que, sem me aperceber, os anos foram passando e o blog acabou por ser um registo de praticamente toda a minha vida adulta. Quando leio o meu blog, reparo que mudei bastante ao longo dos anos. Desde o estilo de escrita ao "sentido fashion". Mudei duas vezes de cidade, tirei uma licenciatura, passei a gostar de sushi, até fiz madeixas pela primeira vez! Há coisas que não mudaram: o gosto que tenho em voltar à blogosfera e perder-me, a minha perdição por seres de quatro patas, o facto de as minhas pernas não bronzearem.

E agora comecei uma nova aventura - a maior aventura de todas até agora! Em Janeiro vamos ter uma menina. Estou na semana 21. Vou ser mãe! Na semana passada anunciei no Facebook, agora anuncio no blog e pouco a pouco vou-me apercebendo que é isto é real, está a acontecer. 

Vou ser sincera: nunca tive grande paciência para ler mommy blogs, da mesma forma que também não costumo ler blogs puramente dedicados a viagens. Os meus blogs favoritos são aqueles em que se escreve sobre tudo e sobre nada. E é isso que quero para o meu estaminé. Com isto quero dizer que irei partilhar a minha nova aventura convosco, mas também quero preservar o carácter aleatório do blog. Beijinhos!

domingo, 5 de agosto de 2018

O Lidl em parceria com o Universo


Lembram-se de eu no post anterior dizer que tenho de saudades de rissóis com arroz de tomate? Pois o amigo Lidl, em parceria com o Universo, resolveu agir. Mais ou menos. Não com rissóis mas sim com bolinhos de bacalhau. Também sabe bem com arroz de tomate.


Pensei em aproveitar a onda de generosidade do universo e mencionar casualmente que também me dava jeito 100 000 €, cabelo daquele que se pode apenas lavar e escovar antes de sair de casa, um método de teletransporte, um canídeo, paz no mundo, saúde e felicidade para a família.

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Onda de calor ou o apocalipse


Na Suécia temos onda de calor. É o verão mais quente desde que se começou a fazer o registo das temperaturas a nível nacional há uns 300 anos. A temperatura ronda os 30 graus há quase dois meses, as ventoinhas estão esgotadas em todo o lado, temos seca, temos incêndios (Portugal enviou recursos – obrigada!) e os edifícios e casas suecas têm as suas qualidades mas se há uma coisa para os quais não foram concebidas, é lidar com temperaturas deste calibre. Não se fala de outra coisa sem ser o calor no trabalho. Nem com os vizinhos. Nem com a menina que trabalha no quiosque. No trabalho há uma batalha entre os que querem as janelas abertas para deixar entrar o ar e os que querem as janelas fechadas para o suposto ar condicionado. E eu às vezes dou comigo a desejar que o Outono chegue. E isto meus amigos é coisa que em nove anos de Suécia nunca antes me sucedeu. Oremos.