segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Entretanto no nosso sofá


Junta-se o amor de Namorado (aliás, Noivo, desde a Passagem de Ano) por acção e cenas sangrentas ao meu amor por história e pelas terras de Sua Majestade. Dá no quê? Em maratonas de Outlander. Quer dizer, até fazíamos, antes da chegada de Dona Luisinha (há um A.L., Antes de Louisa, e um D.L., Depois de Louisa). Uma das séries mais viciantes que já vi, e olhem que quando vimos o primeiro episódio nem a achei nada demais. 


terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Duas semanas de Luisinha


A Louisa (Luisinha para os amigos) fez ontem duas semanas! E eu queria escrever-vos um post sem clichets e relatar-vos a minha curta experiência da maternidade mas a verdade é que não há amor maior do que este e que no dia em que ela nasceu, nasceu uma nova versão de mim. E sim, há coisas que só se entendem quando temos um nosso, tal como os nossos pais nos tentaram avisar a vida inteira enquanto revirávamos os olhos.

A Luisinha é uma bebé muito desperta. Precisa de muito peito (já durante a gravidez se mexia muito quando eu comia) e muito colo. Adora andar de carro e adormece imediatamente assim que arrancamos. Herdou as pestanas longas do papá. É perfeitinha. É a minha bebé e eu estou perdida de amores por ela.